domingo, 22 de novembro de 2009

Espelho espelho meu

MUI BIEN...

PARA COMEÇAR, O MEU DIÁRIO PESSOAL (AFINAL PRA ISSO QUE FOI INVENTADO O BLOG, NÃO É ?), UMA REFLEXÃO PODEROSA DO PODEROSO GIBRAN!

BEM-VINDO A TODOS!



Espelho, espelho meu.

"No pátio de um manicômio encontrei um jovem com rosto pálido, bonito e transtornado. Sentei-me junto a ele sobre a banqueta e lhe perguntei:

- Por que você está aqui?

Olhou-me com olhar atônito e me disse:

- É uma pergunta pouco oportuna a tua, mas vou respondê-la. Meu pai queria fazer de mim um retrato dele mesmo, e assim também meu tio. Minha mãe via em mim a imagem de seu ilustre genitor. Minha irmã me apontava o marido, marinheiro, como o modelo perfeito para ser seguido. Meu irmão pensava que eu devia ser idêntico a ele: um vitorioso atleta. E mesmo meus mestres, o doutor em filosofia, o maestro de música e o orador, eram bem convictos: cada um queria que eu fosse o reflexo de seu vulto em um espelho. Por isso vim para cá. Acho o ambiente mais sadio. Aqui pelo menos posso ser eu mesmo."


(Kahlil Gibran. Para além das palavras)

3 comentários:

Márcia Poesia de Sá disse...

rsrsrs VERDADE!

Nevenka disse...

é ele... Gibran.

Sereníssima-Lena Ferreira disse...

Pois é...Por isso que vivo em um..rs Perfeito, Kinda..Tá lindo aqui. Beijuka