segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Chico Buarque - Meu querido diário

Meu diário querido! Faz tempo que não apareço...

Total falta de inspiração!

Mas... problema resolvido, ou quase... Injetaram-me poesia na veia, dissolvida em solução MÚSICA!

De que falo?

O SHOW DE CHICO BUARQUE e de quebra, seu novo disco... Maravilha, dádiva divina.

Vou dizer uma novidade: O Cara é o DEUS DA MÚSICA!

Ouça, esta música do CD novo... tudo a ver! 



Nunca sonhei em ir a um show do Chico, esta voz que está sempre presente em meus ouvidos desde a pré-adolescência, quando meu irmão mais velho comprava vários LPs do velho Chico.
Devorei-os, decorei suas letras poesias, reconheci a genialidade de seu talento, mas jamais sonhei em ir a um show do Chico.

Bebi tanta poesia MPB que hoje somente ela me alimenta e me mantém viva, mas jamais sonhei em ir a um show do Chico.

Recebi esta honra quando eu mais precisava re-despertar...
Obrigada Chico e tantos outros heróis da música.




sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Mother Earth



Mother Earth

Dia de sol

Me sinto tão bem. Este é meu pedaço de paraíso, meu lugar sagrado, onde conecto-me as minhas proprias forças, sem embaraços.

Desfruto tudo o que posso neste hiato do tempo, destes meus filhos devotados, respeitosos de meus desejos e necessidades. Aqui eu posso contatar-me com as estrelas, aqui sou filha do Vento e da Lua, sou súdita do Sol e realizo minha humilde trajetória a seu redor, como deve ser.

Aqui minha face apresenta canyons, vales, grandes e caudalosos rios e de um litoral a outro a grande extensão deste solo é habitada por diversos seres vivos, animais e vegetais. Eu me regozijo neles. Trocamos energia da forma mais íntima e assim me fortaleço para conseguir interagir com boa desenvoltura em outras paragens mais conturbadas.

Aqui, meus filhos, humanos que são, também lutam, disputam, amam, sofrem mas jamais desrespeitam meu nome ou mesmo esquecem-se do que os mantém vivos: a minha mão. Os meus suspiros que são brisas a alentar o bravo exaurido... O meu calor a acariciar-lhes os pés doloridos... O meu sustento oferecido em sacrifício vegetal e animal... As minhas fontes de água pura que lhes hidratam o viver...

Mas eu sei que vai anoitecer neste meu santuário, a hora se aproxima. Estremeço. Peço a meu Pai Sol, Soberano deste lugar sagrado que envie sua firmeza e coragem através de seu reflexo na Lua, e esta, sábia anciã, vigie meus filhos amados a caminhar pela noite dos tempos...



Aquele que não estiver pronto para enfrentar a morte no final de sua vida, não estará em paz quando a noite cair.
(Índios da Tribo Chippewa, do Lago Huron)



A noite

A noite chegou em embarcações que singraram, corajosos, meus mares turbulentos. Vieram do Leste, decididas a escurecer com o peso de seus fardos, a atmosfera deste pedaço do paraíso. E espalharam sangue, sem consagração. E rezaram aos céus, sem paixão. E tomaram à força cada centímetro deste chão. De suas próprias desolações engendraram dramas, intrigas, guerras...

Os filhos legítimos daqui, animais, humanos, vegetais e minerais... Todos foram usurpados, corrompidos, testados à exaustão em suas integridades. Amparados pela força e firmeza dos invisíveis elementos irmãos, os ditos ameríndios, mantiveram-se vivos.

De alguma forma tentaram ajudar a seus invasores, tentaram delimitar seus limites, tentaram mostrar seus conhecimentos. Eles sabiam que ao transpor a noite, a madrugada faz-se fria, antecedendo a um novo amanhecer... E por isso perseveraram a esperar.

Dos enredos quentes, a ferro e fogo cruzados por este extenso território, rumo ao Oeste, muita coisa posso contar. Está registrado em minha memória, a passagem ebuliente desta noite em pele branca, deste desterro em solo próprio. Mas prefiro abraçar estes fatos com meu manto de amor e compaixão... Entoando uma canção de ninar.




O sagrado tambor irá novamente fazer ouvir sua voz.

(Extrato da Profecia dos Sete Fogos dos Anishnabés)


Madrugada fria

Antes do amanhecer o tambor soou, despertando os filhos desta terra. Hoje estão espalhados pelo globo, mas mantém a sua terra do Sol entranhada em seus corações. Enquanto meus filhos brancos dormem, os vermelhos dançam ao pé do fogo e conversam com as estrelas, seus guias...

A Estrada Vermelha Sagrada está novamente visível, é madrugada e faz frio. Mas as luzes do alvorecer iluminam de forma incisiva, há muitos trilhando meu Caminho, em direção à Paz de um Novo Tempo.

Quando então, eu poderei suspirar e sorrir novamente.. E serei plenamente um Todo Paradisíaco.



É tempo dos Índios dizerem ao mundo o que sabem sobre Deus e a Natureza. Então vou lhe dizer o que sei e quem sou. Vcs devem ouvir, pois têm muito a aprender.
(Mathew King, Yribo Lakota)

ANORKINDA

.

sábado, 8 de outubro de 2011

Florbela e Fagner

Procurei saber quais os poemas de Florbela "Carinho"(Espanca), Fagner musicou.

Aqui estão elas:




.



.



.




.

E mais estes dois poemas que eu não encontrei no youtube:


TORTURA

Tirar dentro do peito a Emoção,
A lúcida Verdade, o Sentimento!
- E ser, depois de vir do coração,
Um punhado de cinza esparso ao vento!...

Sonhar um verso de alto pensamento,
E puro como um ritmo de oração!
- E ser, depois de vir do coração,
O pó, o nada, o sonho dum momento...

São assim ocos, rudes, os meus versos:
Rimas perdidas, vendavais dispersos,
Com que eu iludo os outros, com que minto!

Quem me dera encontrar o verso puro,
O verso altivo e forte, estranho e duro,
Que dissesse, a chorar, isto que sinto!!

Florbela Espanca

.

Impossível

Disseram-me hoje, assim, ao ver-me triste:
“Parece Sexta-Feira de Paixão.
Sempre a cismar, cismar de olhos no chão,
Sempre a pensar na dor que não existe…

O que é que tem?! Tão nova e sempre triste!
Faça por estar contente! Pois então?!…”
Quando se sofre, o que se diz é vão…
Meu coração, tudo, calado, ouviste…

Os meus males ninguém mos adivinha…
A minha Dor não fala, anda sozinha…
Dissesse ela o que sente! Ai quem me dera!…

Os males de Anto toda a gente os sabe!
Os meus …ninguém… A minha Dor não cabe
Em cem milhões de versos que eu fizera!…

Florbela Espanca

.

sábado, 1 de outubro de 2011

QUEM SOMOS


QUEM SOMOS

O Caminho do Guerreiro, é o Caminho do Amor, do Respeito, da Disciplina, da Compaixão, da Libertação e da Fidelidade... estes valores, norteiam Obra do Homem.
Nosso compromisso não é com nenhuma religião, com nenhum Livro Sagrado, com mestres que se intitulam Porta Vozes da Verdade, com representantes diretos do Grande Pai... nosso compromisso é com a simplicidade, com a Mãe Terra, com o verdadeiro Xamanismo, com o Sagrado... e o Sagrado nos ensina que devemos respeitar a todos os seres, todas as raças, todas as religiões... nosso compromisso é o respeito para com o Homem, para com a Natureza, para com a Vida, e todas as diferenças... acreditamos, que muitos são os caminhos, mas, o Pai é o mesmo.
“Eu estou cego e não vejo as coisas destes mundo; mas quando a Luz desce do Alto e ilumina o meu coração, então vejo, porque o Olho do coração tudo vê. O coração é um santuário no centro do qual existe um pequeno espaço onde o Grande Espírito vive, e este espaço é o Olho. É o Olho do Grande Espírito, com o qual Ele vê todas as coisas e através do qual nós o podemos ver. Se o coração não é puro, o Grande Espírito não pode ser visto, e a alma daquele que morre nesta ignorância não pode regressar imediatamente para o Grande Espírito, ela terá de ser purificada através da vivência na terra. Para conheceres o centro do coração onde reside o Grande Espírito terás de ser bom e puro e viver da forma que o Grande Espírito nos ensinou. O homem que for assim puro contém o Universo no espaço do seu coração.”
"Talvez a razão mais importante para a "busca da visão" seja a que nos ajuda a compreender a nossa unidade com todas as coisas, a conhecer que todas as coisas são nossas parentes; e assim, em nome de todas as coisas, rezamos a Wakan Tanka para Ele nos dar o conhecimento da Sua existência, o qual é a origem de todas as coisas e, ainda assim, maior que todas as coisas."

Apoema Acarauassú

.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Somente a verdade



Fale somente a verdade e faça sempre o certo. Somos aquilo que falamos... e o que dizemos, deve ser sempre honesto, sincero, e de nossa crença pessoal. 
Sem a verdade não podemos alcançar o equilíbrio interior - o equilíbrio dentro de si, com outros seres, com a Mãe Terra, e com o Criador.

Boas palavras não duram muito tempo a menos que edifiquem alguma coisa.
- Chefe Joseph, Nez Perce, 1840-1904


.



sábado, 17 de setembro de 2011

Ancestral perdão

Joseph Bruchac

-Há muitas pessoas que poderiam reivindicar e aprender com sua ascendência Nativa, mas por causa do medo enfrentado pelos seus pais e avós, e por causa do preconceito no passado e no presente contra Povos Índígenas, que parte do seu património cultural está nublado ou negado.
- Joseph Bruchac, ABENAKI

Muitas injustiças foram feitas aos Povos Índígenas. Às vezes me pergunto, porque estou ligado às injustiças feitas a eles? Porque estou tão irritado com o passado? Os mais velhos dizem que nossos antepassados estão vivos dentro de cada um de nós. Portanto, eu posso sentir raiva e ressentimento dentro de mim por causa da injustiça cometida contra eles. A maneira de me livrar desses sentimentos do passado é PERDOAR. Pode ser necessário até mesmo que eu tenha de aprender a perdoar o imperdoável.

Pai, que meu coração seja capaz apenas de nutrir o AMOR

.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Festival Auto-estima


Oh meu grande Criador, ajude-me hoje para que eu saiba amar a mim mesmo. Eu não posso dar nada que eu próprio não possua. Se devo amar os outros, então devo me amar. Se perdoo os outros, então devo me perdoar. Se aceito os outros como eles são, então eu preciso me aceitar como eu sou. Se eu não devo julgar os outros, então devo iluminar a mim mesmo.

Pai, deixe-me experimentar este poder do amor.

Chefe Dan George, Skokomish, Vancouver, Canada
.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

100 recomendações para a vida

Achei bastante importante trazer pra meu diarinho estas 'dicas' budistas... vamos nessa?


100 recomendações para a vida


[Ensinamentos Fundamentais do Budismo Ch'an]

  1. Descubra seu maior defeito e disponha-se a corrigi-lo.
  2. Escolha até três exemplos de vida e determine-se a segui-los.
  3. Tenha força e sabedoria para resistir às tentações do mundo.
  4. Cultive a força da tolerância de forma a compreender, aceitar, assumir responsabilidades, ter determinação e melhorar as circunstâncias externas. Então, passe a cultivar a tolerância pela vida, a tolerância por todos os darmas e a tolerância pelos darmas não-surgidos de maneira a transformar o cultivo da tolerância em força e sabedoria.
  5. Aprenda a se adaptar à pressão externa e não se deixe afetar por ela.
  6. Seja ativo e destemido. Pense antes de agir.
  7. Envergonhe-se do que ignora, do que é incapaz, do que o torna impuro e rude.
  8. Faça com freqüência algo que toque o coração das pessoas.
  9. Sinta-se bem sob qualquer circunstância, siga as condições corretas, esteja sempre livre de aflições e faça tudo com alegria no coração.
  10. Ser corajoso e virtuoso é ter a capacidade de admitir os próprios erros.
  11. Aprenda a aceitar perdas, falsas acusações, contratempos e humilhações.
  12. Não inveje aqueles que praticam boas ações ou dizem boas palavras. Tenha sempre na mente, bondade e beleza.
  13. Não empurre os outros para a beira do abismo; ao contrário, dê-lhes espaço para recuar — um dia eles poderão lhe ajudar.
  14. Sirva àqueles que desejam fazer o bem, compartilhe um objetivo. Favoreça os outros e respeite seus anseios.
  15. Seja amável e humilde ao relacionar-se com as outras pessoas. Expresse bondade em seu semblante e em sua fala.
  16. A capacidade de doar traz abundância verdadeira.
  17. Importe-se apenas com o que é certo ou errado; não se fixe em perdas e ganhos.
  18. Deixe de lado pensamentos egoístas e dedique-se à justiça, à verdade e ao bem comum.
  19. Viaje pelo mundo sob o céu estrelado. Vivencie a prática da procissão de mendicância pelo menos uma vez na vida.
  20. Abra mão de todas as suas posses ao menos uma ou duas vezes na vida.
  21. A cada quatro ou cinco anos, empreenda uma viagem sozinho.
  22. Não se deixe cegar pelo amor. Não se traia por dinheiro.
  23. Não bata de frente com as coisas — aprenda a arte de ser sutil.
  24. Não há êxito sem persistência, diligência e determinação.
  25. Desenvolva autoconfiança, expectativas em relação a si mesmo e metas pessoais.
  26. Procure ouvir boas palavras e jamais esqueça o que elas significam.
  27. Não desperdice o seu tempo. Faça planos e use o tempo com sabedoria.
  28. Seja sempre sensato, pois a sensatez é imparcial e igual para com todos.
  29. Lembre-se dos erros cometidos. Tenha-os sempre em mente para não repeti-los.
  30. Seja qual for a sua função, desempenhe-a bem. Não olhe para os lados.
  31. Faça tudo com boa intenção, verdade, sinceridade e beleza.
  32. Não se apegue ao passado. Olhe sempre adiante.
  33. Lute sempre pelos seus objetivos e vá longe.
  34. Planeje sua carreira, use seu dinheiro com sabedoria, purifique seus sentimentos e não se apegue a fama e riqueza.
  35. Desenvolva compreensão e visão corretas. Não se deixe levar cegamente pelos outros.
  36. Renuncie a apegos insensatos e aceite a verdade com mente humilde.
  37. Não faça intrigas nem espalhe rumores. Não se deixe influenciar por eles.
  38. Aprenda a desenvolver sua mente, reformar seu caráter, recuar e dar guinadas em na vida.
  39. Cultive méritos por meio de doações que estejam de acordo com sua capacidade, função, disposição e condição.
  40. Creia profundamente no Darma e contemple todas as virtudes. Nunca faça o mal; pratique sempre o bem.
  41. Não culpe os céus nem os outros por sua infelicidade, pois tudo tem sua causa e seu efeito.
  42. Pense no bom e belo ao invés de pensar no que é triste e penoso.
  43. Conquiste ao menos três tipos de habilitação ao longo da vida, como, por exemplo, para guiar automóveis, cozinhar, digitar, cuidar de enfermos, exercer a medicina, o magistério, o direito, a arquitetura etc.
  44. Aprenda a articular bem a fala e a escrita. Aprenda a ouvir, a apreciar, a pensar, a cantar, a pintar e a desenvolver habilidades. Quanto mais se aprende, melhor. Aprenda, ao menos, metade disso tudo.
  45. Leia ao menos um jornal por dia, para se manter em dia com o mundo.
  46. Leia pelo menos dois livros por mês.
  47. Mantenha uma rotina diária.
  48. Cultive hábitos regulares de sono e alimentação.
  49. Pratique exercícios físicos.
  50. Mantenha-se longe de cigarro, álcool, pornografia e drogas. Administre e controle sua própria vida.
  51. Pratique meditação por, pelo menos, dez minutos todos os dias.
  52. Passe, pelo menos, metade de um dia sozinho, uma vez por semana.
  53. Ao menos uma vez por mês, pratique o vegetarianismo, para nutrir seu coração de compaixão.
  54. Ajude os outros e faça o bem sem esperar nada em troca.
  55. Compartilhe sua alegria e compaixão com os demais.
  56. Mantenha a capacidade de se auto-avaliar sob qualquer circunstância.
  57. Reze pelos desafortunados, onde quer que você esteja.
  58. Seja preciso em suas observações. Considere todos os ângulos e seja tolerante e compreensivo em relação aos outros.
  59. Aprecie a vida, cuide dela e não a maltrate jamais.
  60. Use seu dinheiro e suas posses com sabedoria. Não desperdice nem gaste demais.
  61. Em tempos de alegria, contenha a sua fala; no infortúnio, não despeje sua raiva sobre os outros.
  62. Não enalteça seus próprios méritos nem aponte os erros alheios.
  63. Não inveje nem suspeite. Méritos advêm das realizações e da ajuda aos outros.
  64. Não seja ganancioso em relação às posses alheias, nem mesquinho em relação às suas.
  65. Demonstre coerência entre atitude e pensamento. Não seja iluminado na teoria e ignorante na prática.
  66. Não fique sempre pedindo ajuda aos outros. Busque ajuda dentro de si mesmo.
  67. Faça de sua própria conduta um bom exemplo. Não espere benevolência dos outros, mas de si mesmo.
  68. Cultivar bons hábitos é a melhor maneira de manter uma vida íntegra e saudável.
  69. É melhor ser não-inteligente do que não-compassivo.
  70. A mente otimista é contemplada com um futuro brilhante.
  71. Construa seu próprio destino. Corra atrás das oportunidades ao invés de esperar que elas caiam do céu.
  72. Controle suas emoções e seu humor: não se deixe levar por eles.
  73. Elogio e ofensa fazem parte da vida. Não se apegue a eles — conserve sempre a paz interior.
  74. A doação de órgãos ajuda a prolongar a vida além de propiciar recursos para as vidas de outros seres.
  75. Ouça o que os outros têm a dizer e anote a essência do que eles dizem.
  76. Olhe para si mesmo antes de acusar os outros. Somente uma avaliação honesta de seus méritos e de méritos lhe dá o direito de julgar os demais.
  77. Cumpra suas promessas.
  78. Não viole o direito dos outros para beneficiar a si próprio. Favorecer os demais, às vezes, é imperioso.
  79. Não sinta prazer em ridicularizar os outros. Ao contrário, aprenda a fazê-los felizes.
  80. Não critique, por inveja, a benevolência do outro. Respeite-o e siga seu bom exemplo.
  81. Não use de traição para obter vantagens.
  82. Os privilégios devem, antes de tudo, ser oferecidos às outras pessoas.
  83. Aprenda a aceitar as desvantagens. Saiba que, na verdade, elas são vantagens.
  84. Não se apegue a perdas e ganhos. Não faça comparações entre o que você e os outros têm ou deixam de ter.
  85. Seja sincero, impetuoso e educado.
  86. Harmonia, paz e tranqüilidade são a chave para o relacionamento com as pessoas.
  87. Respeito, reverência e tolerância são a tríade para manter boas relações com o mundo.
  88. A raiva não resolve problemas. Somente uma mente tranqüila e pacífica pode ajudar você a lidar com a vida.
  89. Relacione-se com pessoas virtuosas e bons mestres.
  90. Não contamine os outros com sua tristeza, nem leve preocupações para a cama.
  91. Busque prazer e alegria em tudo o que faz, e transmita isso a todos.
  92. Seja grato aos benevolentes e aos que prestam auxílio. Deixe-se tocar por seus atos virtuosos.
  93. Dê um toque de serenidade a tudo o que você fizer na vida.
  94. Não existe dificuldade ou facilidade absolutas. O esforço transforma dificuldade em facilidade, enquanto a indolência torna o fácil difícil.
  95. Ajude seus vizinhos e sua comunidade e participe dos eventos locais. Assim, você se tornará um voluntário da humanidade.
  96. Só a humildade gera o bem. A arrogância não traz nada mais que desvantagem.
  97. Aproxime-se de mestres virtuosos. Ouça-os, seja leal e não os desacate.
  98. Ajudar os outros é ajudar a si mesmo. Ter consideração pelos outros significa cuidar e amar a si próprio.
  99. Dê aos jovens oportunidades e ofereça-lhes orientação sempre que necessário.
  100. Cuide de seus pais e seja amoroso com eles.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Naquela Estação



Lembrei, que coisa louca é, de repente, a memória trazer algo lá de um tempo sem tempo.. é : o passado.

Pois que quando Adriana Calcanhoto gravou esta canção e ela tocou numa novela... sim eu vejo novelas...
era tema da Adriana Esteves e Marcos Palmeira...
Bem...
Eu cantava ela todo dia, dia inteiro.

Letra lindíssima!
E agora a encontro em roupagem elegante com a mais linda VOZ do Brasil. uau!

.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Perguntinhas Teimosas

Estive em foco na comunidade POETAS TEIMOSOS e lá surgiram algumas perguntas pra eu responder, vou trazer a este meu Querido Diário, pois ele é bastante curioso!



O poeta Danniel Valente, me cravejou:


1- Quando começou o amor pela poesia?

olha.. deve ser alguma coisa genética... ou pela proximidade que nós(eu e irmaos) com um caderno de capa preta e dura, que eram os poemas de meus pais.
desde bem pequena eu devorava aquele caderno com amor, claro... eram poemas que meus pais escreveram um para o outro... em plenos anos dourados do casamento (Aqueles primeiros...rsrsrs)

mas fora isso eu nao gostava de poesia, comecei a escrever acrosticos quando criança, mas e nao sabia q isso era poesia.
Apenas Cecilia Meireles me conquistou em minha adolescencia, decorei alguns poemas seus...

comecei a escrever de verdade em uma época de crise, onde eu escrevia para desabafar, nas madrugadas adoravelmente silenciosas ovindo o ressonar dos filhos, uma delicia... e gostava muito de ler minhas produções.

depois descobri poesia infantil, pra ler aos filhos e me apaixonei... e eu sabia q eu queria escrever tb! e comecei a encher caderninhos, um de poemas e outro de acrosticos.

só com a internet é que comecei a ler os poetas adultos, famosos, consagrados e a cada dia me apaixono mais pela poesia.



2- E a formatação, como é isso pra você?

Pois é... uma uma nova forma de arte, não é? Eu respeito muito as formatadoras, que tem tanta sensibilidade e paciencia nesta arte.. é coisa de ter dom mesmo.
Eu comecei por acaso e jamais pensei em ser capaz de nada do tipo... pois nao tenho paciencia com desenhos no computador, nem arte grafica, nem programas de arte digital, nem sou conhecida do photoshop!!!

Mas, tinha aqui pelo orkut aquelas formatações em HTML, lindas, tb tem muitas artistas que criavam loucuras divinas ali, mas com as mudanças do orkut, elas perderam muito terreno... o q eu fazia? por achar maravilhoso, eu copiava-lhes os codigos e colocava meus poemas e imagens neles... assim tb eu 'agradava' alguns poemas amigos tb... e brincava de arte...xeretando...

foi qd Viviane Ramos, me passou o programa Phoscape, pq ela estava fazendo umas gracinhas lá pra comu Pequenos Grandes Poetas, pois ela é a verdadeira DONA lá... me passo pq elaia ficar sem pc e tals, pra eu coontinuar fazendo os agrados lá...
fui futricando no programa e aprendi o básico dos básicos, jogar imagem numa moldura, jogar texto nela e ponto.

e assim eu vou brincando, pego as coisas meio prontas e coloco minhas misturas... não me considero formatadora. mas vou guardando meus poemas assim em cartões pois eles ficam mais protegidinhos assim, na 'caixinha'


3- O que significa para vc ser dona de uma comunidade tão linda e maravilhosa como a PEQUENOS GRANDES POETAS?

hihi lindos e maravilhosos sao os poetas que desfilam por lá! e por toda a internet! é a revolução digital! \o/

a Dona mesmo é Viviane, pq ela abriu a comunidade, ela tinha uns amiguinhos poetas por lá e eu me meti pra lhe dar uma força e tb pq eu estava precisando de uma força virtual... hehehe
e ela foi me dando carta branca pra eu desenvolver minhas ideias... e chamar amigos, e fazer amigos...

mas o que isto significa?
bem, é aquilo que falei pro Elias... eu não vou desenvolver-me enquanto poeta, sozinha... eu quero um bando!

então estar atualmente a frente da Pequenos significa pra mim, dar as mãos aos talentos, que iguais ao meu proprio talento, fazem a poesia voar virtualmente até os corações leitores... e assim voando de maos dadas, nossas poesias se fortalecem, crescem e aparecem mais! hehe

é muito lindo e eu fico muito feliz com esta interação.



4- Existe algum poema de sua autoria que tenha um sentido especial pra vc?

Todos, né Dan... hehehe
Todos sao filhos e nenhum é mais querido que outro, ou eles entram num ciúme devastador.. já imaginou, centenas de poemas brigando com vc pela preferência? huahihua
ou pior, chorando pela despreferência! aff

Sério... eu falei lá na enquete do poema ANJO QUERUBIM, mas eu nao sei definir pq ele me é tão caro! O fato de meus poemas infantis serem chamados por mim de POEMAS QUERUBINS deve-se ao fato de que meu primeiro poema infantil chamar-se QUERUBIM QUER O BEM, uma brincadeirinha minha com a palavra...
e quem sabe... eles tenham realmente ganhado a bênção de um Querubim, não é?

agora, não sei de que tipo de 'sentido' falas... todos, invariavelmente vem com mensagens nas entrelinhas, e remetem a fatos de minha vida, presente ou pretérita ou mesmo futura, ou mesmo outras vidas, ou reflexões que faço sobre ela.


5- O que é ser poeta para vc?

Eu acho importantíssimo, alem de lindo, divertido e prazeiroso ser poeta. Toda arte é necessária à humanidade. Então fazer parte de um rol de pessoas que pensam e expressam artisticamente o que pensam é uma honra muito grande.
Eu não tenho livros editados, nem sou reconhecida pela crítica literária(existe isso?) mas eu sou poeta e nestes tempos virtuais, eu pude alcançar leitores e isso é uma dádiva. Pq eu não quero dinheiro, fama ou reconhecimento, eu quero contribuir às pessoas com meu dom, por isso minha poesia precisa chegar até elas, chega de que forma for. Isso me recompensa.
6- Diga alguns poetas famosos que vc admira.


Tudo começou com Cecilia Meireles, eu fui ler contos seus, pq eu nao gostava de poesia... hehehe (assim pensava eu) e caí de boca em poemas seus, decorei e declamei-os para a familia, um amor ardente.

Hoje em dia eu sou completamente apaixonada pela poesia de Manoel de Barros, se puderem comprem o DVD Só Dez Por Cento é Mentira - A Desbiografia Oficial de Manoel de Barros... eu choro! O velhinho diz tudo o que eu gosto, penso e vivo... É sintonia total comigo.

Estes são meus preferidos... mas admiro como poeta e pela pessoa que é Affonso Romano de S'antana, Ferreira Goulart, Ricardo Silvestrin, Marina Colasanti, Elisa Lucinda... os vivos.. mas tem um punhadão de poetas falecidos primorosos a quem eu admiro muito...
vide esta lista aqui... hehee

http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics?cmm=97572421




7- Como foi assim a sua infância, tem muito dela na sua poesia?

Tem que ter infância na minha poesia, pois que nunca saí dela
Sempre fui muito fantasiosa... e inventava historias e mais historias com minhas bonecas... nos livrinhos q lia, além de me colocar nos personagens principais, eu inventava novos finais...
eu gosto muito de historias... minha mãe lia a turma da monica pra eu dormir, foi assim q aprendi a ler, minhas primeiras palavras lidas foram CHUAK, POF, POW, CABRUM!
Sempre muito quietinha e observadora... enfim, sempre igual até hj...kkk
Claro que há momentos na vida, em q vc precisa ser realista, séria, responsável, tem barras dificeis pra enfrentar, mas eu faço destes momentos exceções, eu prefiro estar a maior parte do meu tempo, brincando.
Eu olho para as coisas e eventos de uma maneira infantil... infantil não é bobo, eu costumo dizer que criança é muito mais inteligente que o adulto... mas ela tem um olhar simples, direto e poético. Adulto vive enchendo sua cabeça de detalhes e detalhes e complicações desnecessárias... Deus me livre de ser adulta!


 
8- Como vc vê a solidão, vc sente solidão?

Tem q ver o que é solidão... é estar sozinho consigo mesmo? Então eu amo!
é estar sem namorado/marido? Então eu amo tb! kkkkkk
é não sentir-se amado ou acompanhado? claro que há dias, aqueles dias sombrios q bate qualquer coisa ruim... mas é humano esquecer-se... esquecer-se de que nunca estamos sozinhos e muito menos que não somos amados... pois q Deus nos ama e sempre está conosco.
a gente só sente esta tristeza quando não nos amamos.. dae sim, bate forte uma solidão terrível, um vazio, um buraco... pq se vc se ama, vc preenche todos os espaços e assim melhor pode compartilhar com os outros de qualquer tipo de relacionamento.
Eu sentia uma imensa solidão quando era casada. Porque eu não me fazia companhia e esperava do outro (pobre coitado) que me preenchesse um espaço que somente eu poderia preencher.
Então hj em dia, eu não sinto solidão e amo estar sozinha, sem distúrbios, sem preocupações, sem choques emcionais, sem picuinhas, enfim...

 



9- A lua, tem assim algo especial para vc como poeta?

Eu falei que amo estar sozinha... mas tb amo me apaixonar...
sao fases... hahiuaiuhua
A lua sempre representa um amor, uma paixão, não é? É assim que ela aparece em meus poemas. Quando eu estava P da vida com um namorado, eu escrevia chamando a lua de mentirosa, traiçoeira e mais... algumas pessoas tb em estado caótico podem se identificar com estes poemas...hiahihua
Depois e fiz as pazes com ela devido a outra paixão... dae misturei magia,amor, mistério...ui...
Mas a lua não me fascina não... é um dos muitos elementos poéticos que me servem.



10 - Planos de publicar livros?

Sei lá, só Deus sabe... se tem tanto campo na internet... mas quero sim deixar registrado em papel com cheirinho de tinta
Mas eu não vou gastar pra escrever livros ou pra participar de antologias... se for editar, tem que ser pra ganhar...kkkkk
se não..deixa queito

Bjuuuuuuuu Dan!





E Juleni Andrade me mandou essa:!

1- Qual é sua sensação ao ler um poema que acaba de criar? 


óia, a sensação é uma delícia... não há como descrever, mas a gente que é poeta, tenta, sempre...kkk
Eu leio várias vezes o poema recém-pronto... mais do que procurar erros, é para sentir o ritmo dele, saber se 'funcionou'...
ultimamente eu tenho escrito muito tecnicamente, sem arroubos de inspiração, mas deixando que a rima venha e desenhe o poema, então a sensação de vê-lo pronto é de satisfação pela descoberta do poema... eu descubro-o. Como se a Kinda que escreveu não fosse a mesma que lê.
é muito subjetiva esta prática e rápida, são mil pensamentos que perpassam a mente, sem que sejam perfeitamente decifrados, por isto a sensação é é indescritível... hehehe mas é sempre boa.
a não ser qd eu considero que o poema não fico tão bom... dae faço um muxoxo... raramente eu guardo ele pra uma futura reavaliação, geralmente eu posto ele assim mesmo... e descubro pessoas que o adoram! até mesmo pq se eu vou reavaliar mais tarde, eu acabo achando que está bom mesmo!

agora o gostoso mesmo é quando empaca numa última palavra do poema e ela não vem!!!! as vezes à procura da rima, mas muitas vezes não...simplesmente ela faz 'doce' e não se revela... dá uma agonia deliciosa... pode durar horas, antigamente podia durar dias, mas não permito mais tanto abuso por parte dela... dae ela vem... e Bingo! é uma satisfação plena!
.


quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O guri e a garota

Um conto infantil aqui... pra comemorar... porque ele foi escolhido como 1º colocado no Desafio da comunidade Conceito!

Desta vez não é terror nem fantasma.. se bem que há controvérsias...!



O guri e a garota

A garota vinha pela estradinha, cheia de sede de brincar e curtir o dia que começava com promessas de esquentar um pouquinho mais. O sol lhe chegava por entre a mata de eucaliptos que rodeava a pequena estrada.

De longe ela viu o gurizinho, pequenino, franzino... Ele se divertia aos rodopios, segurando-se nos troncos das árvores. Cada árvore um volteio e assim ele seguia adiante. Pra onde será que ele ia?

A garota deu uma corridinha, saindo da estrada e foi até ele, que não parou de rodar entre as árvores.
- Oi! O que tu tá fazendo?
- Rodando.
- Por quê?
- É divertido.
O guri tinha uma expressão maravilhosa de alegria no rosto e sorria aberto, bem aberto.


- Tu quer brincar comigo?
- Vem rodar.
- Já estou tonta só em te olhar... não vai dar. Vamos fazer outra coisa...
Ela tinha que andar para acompanhar o gurizinho, pois ele seguia adiante, dando voltas de árvore em árvore.
- Vamos bater corrida ali na estradinha?
- Não.
- Tu tá indo pra onde?
- Lugar nenhum.
- Então para um pouco e vamos conversar.

Ele parou e veio pra perto dela, juntou as mãos pra trás e esperou. Ele era tão lindinho... a garota tinha vontade de apertar-lhe as bochechas.
- Tu gostas de cantar?
- Não.
- A gente podia caminhar pela estradinha, lá tem mais sol, a gente podia ver os formatos esquisitos que as nuvens estão fazendo. Vamos?
- Não quero.
- O que tu gostas de fazer?
- Rodar.
- Por quê?
- É divertido.
- E só isso é divertido pra ti?
- É.

- Vem rodar.
A garotinha cedeu...
- Vou tentar.
Ela passou o braço numa árvore e girou. Era divertido mesmo... Seguiu pra próxima e girou... Mais uma. Outra.
- Fiquei tonta!
Seu estômago reclamou, embrulhou. O guri já ia longe, rodopiando. Ele voltou, rodopiando.
- Tudo bem?
- Sim, só precisa esta floresta parar de girar sozinha.
- Já vai passar.
- Tu não ficas tonto?
- Não.

 - Vou voltar pra estrada e brincar sozinha, mas seria mais divertido caminhar acompanhada...
O gurizinho a olhava, gentil. As mãos pra trás, tamborilando os dedos. De repente ele pergunta:
- Tu gostas de fazer mil coisas diferentes?
- Sim!
- Por quê?
- É divertido.
- Tu não fica tonta?
- Não.
- Eu não gosto de mudar de pensamento. Fico tonto.
Ele agora olhava para o chão. Mas logo, levantou a cabeça, passou o braço numa árvore e antes de voltar a girar, com o sorriso bem aberto, ele disse:
- Vai brincar no sol, amiguinha... Tu vai encontrar um montão de companhia lá.

- Tá bom.
A garota ficou olhando ele rodar até que sumiu de vista, soltando gritinhos de alegria.
Ela pegou a estradinha e seguiu correndo atrás de um casal de borboletas azuis que brilhavam reflexos do sol.


Anorkinda
.

sábado, 27 de agosto de 2011

Mensagens dos anjos


SABEDORIA DOS ANJOS com Sharon Taphorn
25 de Agosto de 2011.

ORIENTAÇÃO INTERIOR     
Sintonize-se com a sua orientação

Tire um tempo para fazer uma pausa, reflita e observe o que se segue quando você confia em seu conhecimento interno. É seu direito inato se conectar e seguir esta orientação. Isto é parte de sua evolução e todos têm acesso a todo o conhecimento que existe em todos os reinos. O desafio está em confiar no que você recebe e garantir que você está se sintonizando aos aspectos internos do eu e não à energia mental de sua mente.

Reserve um momento e tranqüilize-se e aos seus pensamentos, sinta o amor que brota dentro de você, quando você pede para se conectar com o seu eu autêntico e a sua sabedoria superior, e a partir deste ponto de amor, de confiança e de tranqüilidade, tudo está disponível a você. Estamos aqui ao seu lado, amando-o e o apoiando, bem como lhe oferecendo orientação. Somos uma parte de você e estamos prontos aguardando o seu chamado.

Confie que você é ternamente amado, apoiado e que o seu centro sábio e amoroso está aberto e o cercando com a sabedoria do Divino,

Os Anjos


.

SABEDORIA DOS ANJOS com Sharon Taphorn
24 de Agosto de 2011

RECONHEÇA

Cuide de si mesmo.

Reconheça os seus desejos e necessidades, então tome medidas para satisfazê-los. Observe todos os dons que você tem a oferecer e reconheça os seus talentos e realizações. Torne-se também consciente destas qualidades nas pessoas a sua volta, pois isto traz mais desta energia a você e também a elas.

Veja e compartilhe quem você verdadeiramente é. Você e cada coisa viva no plano terrestre são compostos de maravilhosas partículas da luz do Criador. Permita que esta bela luz resplandeça para os outros para que possam ver e serem guiados. Assista então os milagres que ocorrem a sua volta a cada momento. Concentre-se no que você pode fazer agora para cultivar e apoiar esta energia e deixe o seu espírito voar.

Afirmação: “Eu reconheço quem eu realmente sou. O meu espírito é livre.”

Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos

.

SABEDORIA DOS ANJOS com Sharon Taphorn
23 de Agosto de 2011.

INOCÊNCIA

Evoque a sua inocência.

Todos são uma bela centelha da energia do Criador. Lembre-se da bela inocência de uma criança e a admiração com que ela vê o mundo e então cultive esta qualidade dentro de si mesmo mais uma vez. Então, comece a explorar o mundo novamente a partir desta maravilhosa perspectiva do espírito.

Imagine que cada borboleta é a primeira que você já viu. Cheire as flores como se fosse a sua primeira vez, apreciando a sua beleza. Permita que as ondas batam contra os seus pés e imagine que isto também seja a primeira vez. Veja a maravilha e a beleza que o rodeiam e então sinta isto em seu coração. Veja tudo isto com o seu coração, sinta-o com todos os seus sentidos e esteja em harmonia com tudo o que o cerca.

Afirmação: “Eu vejo o meu mundo através da admiração de uma criança. Eu estou sempre cercado de amor e de beleza.”

Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos

.












segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Mensagem dos anjos



MENSAGEM DOS ANJOS
Canalização: Ann Albers
20 de Agosto de 2011
Meus queridos amigos, nós os amamos muito.

Quando vocês sentirem confusão em suas vidas, queridos, fiquem em silêncio. Encontrem um momento tranqüilo e se perguntem: “O que eu quero neste momento?” “O que o meu coração deseja agora?” Não daqui a um ano a partir de agora. Nem daqui a três dias a partir de agora, e nem mesmo hoje mesmo, mas mais tarde, mas exatamente neste momento. Deste modo vocês entrarão em contato com a sua orientação. Se lhes fizéssemos esta pergunta alguns de vocês diriam: “Eu quero ganhar na loteria!” E nós diríamos: “Isto é bom, mas o que você quer agora?” Vocês diriam: “Eu nunca mais quero me preocupar com dinheiro novamente.” E nós responderíamos: “Maravilhoso! Você pode deixar de se preocupar agora. Você pode confiar em Deus agora. Neste instante você pode cumprir o seu próprio desejo e, portanto, começar a criar uma manifestação externa que corresponda.” Agora, queridos, suas preces imediatas podem ser atendidas... por vocês!


Suponham que vocês queiram um relacionamento, e novamente nós lhes perguntamos: “O que você quer agora?” Vocês respondem: “Eu quero alguém ao meu lado” E nós respondemos: “Naturalmente que você quer, pois você é um ser humano! Mas já que não há ninguém neste momento, o que você quer agora?” E vocês dizem: “Eu estou sozinho! Eu quero alguém agora!” E nós dizemos: “Mas agora não há ninguém aí, assim o que você quer agora?” Vocês se interiorizam mais e mais e respondem: “Eu quero me sentir amado.” E nós dizemos: “Ah, aí está, agora há algo que você pode ter agora! Sente-se em silêncio, respire, peça para sentir o amor de Deus. Entregue-se. Permita. Ame a si mesmo, o suficiente para pedir para sentir este grande amor.” E vocês se sentam, respiram, sentem-se mais calmos e apoiados, e cercados de amor. Subitamente vocês se sentem melhor. O desejo de um relacionamento ainda existe, mas vocês não sentem que têm que esperar pela sua manifestação externa para que sejam felizes. Vocês se sentem mais amados, mais conectados e mais realizados agora. E neste espaço, como uma pessoa mais feliz, vocês se tornam mais atraentes para outros que buscam um relacionamento.


Verdadeiramente, queridos, se vocês se perguntarem: “O que eu quero agora? A partir do que está na minha frente, neste exato segundo, o que eu quero agora? Como eu posso dar isto a mim? Quem eu posso pedir ajuda se eu precisar de ajuda? Como eu posso realizar os meus próprios desejos neste exato segundo?” Se vocês se interiorizarem e se questionarem, perceberão que as respostas a todas as suas preces podem começar neste exato momento, começando de maneiras singelas e simples que vocês sabem como conseguir, e assim vocês criarão inevitavelmente a vibração que atraia as suas maiores manifestações.


Deus os abençoe! Nós os amamos muito


Os Anjos

Mensagens dos anjos

E já que falei em anjo noutro post... aí vem eles... 



SABEDORIA DOS ANJOS
com Sharon Taphorn
19 de Agosto de 2011

AÇÃO COM PROPÓSITO

Avance com propósito

Decida onde você quer colocar a sua energia e então confie que tudo pode ser criado e siga o seu coração, siga a sua paixão. É o momento de criar a mudança e os resultados que você deseja em seu coração. Quando você se concentra claramente em seus desejos e toma as medidas as quais você é orientado, o caminho flui mais suavemente. Há menos malabarismos e surpresas com o que acontecerá em seguida. Em vez disto, você flui em direção aos seus desejos.

Este é um momento de grandes mudanças. As decisões que podem alterar o caminho de sua vida estão diante de você agora. Sua luz e os seus dons são necessários e servem como um farol para aqueles que já estão despertando. Você lidera através do exemplo, e agora é o momento de avançar mais plenamente para as suas paixões.

Afirmação: “Eu dirijo o fluxo em minha vida. Ao seguir as minhas paixões, eu crio a vida que eu desejo.”

Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos
.

SABEDORIA DOS ANJOS
 
com Sharon Taphorn
18 de Agosto de 2011.

LIBERE

Libere aquilo que você não precisa. Diga “não” a coisas que você não quer fazer. Deixe que os outros façam o que eles precisam fazer e permita que eles sejam responsáveis por si mesmos. Você não é responsável pelas ações daqueles a sua volta, somente por si mesmo e como responde a eles. Estabeleça limites saudáveis para si mesmo do que é aceitável e o que não é. Decida qual é a sua responsabilidade e qual é a deles. Você está ajudando a capacitá-los, permitindo-lhes que façam o seu próprio trabalho. Você está ajudando a si mesmo, liberando os pesados fardos que você carrega.

Reserve algum tempo para se afastar disto tudo, ainda que seja apenas por uma tarde. Vá a algum lugar que seja puro e tranqüilo e apenas esteja no momento da beleza que o rodeia. Deixe a Mãe Natureza embalá-lo em seus braços e acalmar o seu coração. Isto permitirá que a esperança e a inspiração retornem a sua vida.

A sabedoria adquirida a partir destes momentos passageiros é exatamente o que os anjos prescrevem.

Faça o compromisso hoje de honrar a si mesmo e de liberar a necessidade de carregar o mundo em seus ombros.

Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos
.

SABEDORIA DOS ANJOS 
 com Sharon Taphorn
17 de Agosto de 2011.

COMPAIXÃO 

Acalme o seu coração para todos e tudo, especialmente para si mesmo.
Empenhe-se em se perdoar e então os outros irão seguir naturalmente, enquanto você aprende a viver a sua vida a partir da perspectiva da compaixão. Ela é uma ferramenta poderosa do crescimento espiritual. Você não precisa mudar a sua postura ou o seu comportamento; isto simplesmente significa que você pode abordar a vida com um coração amoroso.
Veja-se e aos outros através dos olhos dos seus anjos, com amor incondicional e aceitação, independentemente de como pareça inicialmente. Quanto mais amor e compaixão você começar a sentir, mais as coisas ao seu redor parecerão mudar. No entanto, é realmente você que está vendo o mundo de uma perspectiva mais elevada e permite que quaisquer problemas, relacionamentos difíceis e energias menos elevadas sejam transformados.

Afirmação: “Eu sou limpo com a chama Magenta e o meu coração está cheio de compaixão.”
Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos
.

SABEDORIA DOS ANJOS
 
com Sharon Taphorn
16 de Agosto de 2011

FAÇA UM DESEJO

Este pode ser um momento mágico

Confie que você tem tudo o que deseja. Ninguém se defrontará com a carência, porque os seus sonhos se realizam. Há o suficiente para todos neste Universo infinito. Depois que fizer o seu desejo, procure os sinais de qual caminho irá seguir. Use o seu coração como o seu guia e sinta o seu caminho à frente. Mantenha os seus pensamentos positivos e evite os céticos em sua vida.

Você está protegido de todos os tipos de danos. Pedimos que você relaxe e se sinta seguro. Aprecie a sua jornada, pois este é verdadeiramente um mundo maravilhoso. Não coloque o seu foco em coisas que pareçam ter dado errado, pois isto acrescenta energia à situação. Mantenha o seu coração cheio de confiança de que tudo é como deveria ser. Quando cada um de vocês aprender a confiar e a amar, vocês verão o seu mundo mudando para a era da paz.

Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos

.

sábado, 13 de agosto de 2011

SOBREVIVENDO - MERCEDES SOSA



Esta música me deu muita força no tempo em que eu começava a erguer a cabeça, quando comecei a virar gente! hehehe

É de emocionar!



Sobreviviendo

Me perguntaram como vivia, me perguntaram

"sobrevivendo" disse, "sobrevivendo"
Tenho um poema escrito mais de mil vezes
Nele repito que enquanto alguém
Proponha morte sobre esta terra
E se fabriquem armas para a guerra
Eu pisarei esses campos sobrevivendo
Todos ante ao perigo, sobrevivendo
Tristes e errantes homens, sobrevivendo

Sobrevivendo, sobrevivendo
Sobrevivendo, sobrevivendo

Faz tempo que não rio, como faz tempo
E isso que eu ria como um pintassilgo
Tenho certa memória que me entristece
E não poço esquecer de Hiroshima
Quanta tragédia, sobre esta terra
Hoje que quero rir apenas, sim poço
Já não tenho o riso como um pintassilgo
Nem a paz do auge do mês de janeiro
Ando por este mundo sobrevivendo

Sobrevivendo, sobrevivendo
Sobrevivendo, sobrevivendo

Já não quero ser somente um sobrevivente
Quero eleger o dia para minha morte
Tenho as mãos novas, vermelha sangue
A dentadura boa e um sonho urgente
Quero a vida para minha semente
Não quero ver um dia manifestando
Pelo paz no mundo aos animais
Como me riria esse louco dia
Ele manifestando-se pela vida
E nós apenas sobrevivendo, sobrevivendo

Sobrevivendo, sobrevivendo
Sobrevivendo, sobrevivendo

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Festival Auto-estima

Hoje vou trazer uma mensagem que encontrei no meu querido Orkut!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Festival Auto-estima

Não poderia faltar Poesia neste Festival!


Fiz ontem e friso: Não há melhor Fiança do que amar a si mesmo e poder sempre contar consigo mesmo, sem cobranças, sem culpas, como o melhor amigo que você pode ser... pra você!





Amor quentinho

Pra esquentar
bem quentinho
amor colorido
vou tricotar

Pra aprimorar
este inverno
amor criança
eu vou bordar

Pra alegrar
com carinho
amor florido
vou espalhar

Pra espantar
frio interno
amor fiança
eu vou me dar

Anorkinda

.

sábado, 6 de agosto de 2011

Pausa - ERASURE



Linda canção num clip gostoso de assistir, minha criança amou!



Sempre

Abra seus olhos, eu vejo
seus olhos estão abertos
Não use nenhum disfarce comigo
Venha aberta

Quando estiver frio lá fora
Eu fico aqui em vão?
Espere a noite chegar
E não haverá mais vergonha

Sempre quero estar com você
E te fazer acreditar
E viver em harmonia, harmonia, oh! amor

Derretendo o gelo pra mim
Pulando no oceano
Indo contra a maré
Eu vejo o seu amor em movimento

Quando estiver frio lá fora...

Sempre estarei com você...
Bonito né, todo mundo tem um anjo destes em sua vida!


Bem, apenas uma pausa bonita no Festival Auto-estima... Voltarei!

Bjs

.

Always

Open your eyes i see
Your eyes are open
Wear no disguise for me
Come into the open


When it´s cold outside
Am i here in vain?
Hold on to the night
There will be no shame


Always i wanna be with you
And make believe with you
And live in harmony, harmony, oh love


Melting the ice for me
Jump into the ocean
Hold back the tide i see
Your love in motion


When it´s cold outside...


Always i wanna be with you...
.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Festival Auto-estima


Passei só pra deixar mais duas dicas SUPER importantes no caminho para começar a amar a si mesmo.

 








Comece a AGRADECER já!   
Pelo quê?                                                
Tudo!







Cada gota d'água na torneira, cada vez que se deita em cama macia e quentinha, ou fresquinha (dependendo de onde você está!), cada colherada de alimento, cada palavra trocada com seu ente querido, enfim...tudo!

Tá, pode agradecer mentalmente, não precisa pagar mico de papagaio repetidor...

Porque agradecendo o que se tem, traz uma sensação enorme de satisfação e isso é muito importante!



Aprendi também que é fundamental SER FELIZ!

Ué, mas não vou ser feliz depois que alcançar meus objetivos? Depois que descobrir como me amar?
Não.
Você pode ser feliz AGORA... quer?

Então sorria, por nada mesmo, SORRIA!

O alívio que um sorriso traz, é uma sensação de felicidade. Decida-se ser feliz agora, porque o depois não existe, não espere por ele, ele é desonesto, pois quando a gente pensa que o depois tá chegando, ele vira AGORA! 
Então...é agora.. Sorria!

Tenho um exercício, criado por mim e pelo meu irmãozinho Rô Olem...FUNC HAHA

é assim:
- Você respira fundo, enche o peito..
- agora, sorria!
de novo... de novo... dá vontade de gargalhar...

Tá...pode exercitar FUN HAHA sozinho no quarto ou no banheiro... tá valendo!

.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Festival Auto-estima



Me empolguei e voltei!

Quero contar que ao começar a levantar a cabeça e sair do abrigo da cama/conforto da desilusão, também minha mãe insitiu comigo à exaustão pra que eu assistisse The Secret. 


Apesar de todas as críticas que podem ser feitas a este filme e ao livro (que eu não li), a autora visou o lucro, focou os objetivos do projeto em ficar milionária em incitar o povo a ficar milionário, ela inclusive retirou a parte mais espiritual do projeto que era a parceria com os Abraham, enfim... ela tem o direito dela de querer o que ela quiser... e eu tenho o meu direito de retirar da experiência que foi este filme na minha vida, também o que eu quiser... e eu retirei uma riqueza incomensurável dali.



Eu nunca desejei luxo ou ostentações, talvez por isso minha concentração pulou estas partes e captei o que de inovador havia ali, no filme... e intuí que ali haviam chaves para abrir a minha estradinha de tijolos amarelos. E comecei a pesquisar mais sobre psicologia, sobre ciência, sobre espiritualidade. Foi transformador.






O que mais importa neste processo de caminhar pra dentro de você mesmo e por consequência sair de situaçõs tristes, conflitantes ou desesperadoras é justamente adquirir auto-estima.

Daí a gente diz.. ah... mas eu já gosto de mim. Eu gosto de mim mesmo(a).
Mentira. Auto-mentira.
Se a sua vida tem motivos de queixas, se você queixa-se todo dia, você não se ama.

A primeira coisa que aprendi foi que
 

Eu preciso fazer a mim mesma o que e gostaria que me fizessem:

 






- Me cuidar e não querer que alguém cuide de mim. 
- Me dar carinho e não esperar pelo carinho alheio.
- Me dar presentes e não esperar que eles cheguem.
- Me perdoar e não esperar que me perdoem.









Só é possível começar a praticar pequenos gestos de auto-estima quando nos propomos a estar em paz consigo mesmo.
A gente precisa retornar a um ponto de paz, aqui e agora.


E pra alcançar isto, eu mergulhei no mundo das mandalas, mantras e meditações...

Muita gente diz: Não consigo parar de pensar. Por isso o mantra com a mandala, entregue-se...
Quantas vezes por dia você quiser e puder!
É delicioso!
Verás que logo, logo seus pensamentos diários estarão bem mais organizados.


*o video acima não permitiu ser incorporado aqui, mas clique nele... é lindo!

.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Festival Auto-estima

Olha, refleti muito (!) e percebi, o qe eu já sabia mas não tinha parado pra pensar, que o pessoal que conheci na poesia não conviveu com a Kinda nem mesmo com a Neidix dos tempos da comunidade The Secret. Qual é o problema? Bem, eles pensam que sou normal! 
Sério... Meus novos amigos não conviveram com aquela minha fase doidona, zuretada de oxigênio na veia! E pra completar toda aquela euforia foi apagada do Orkut, não deixou vestígios.
Bem... Quero lhes dizer que foram aqueles dias, semanas, meses e anos (!) um trilho, eles foram a estrada de tijolos amarelos que me transformaram numa pessoa que se ama. É auto-estima. Ela não se conquista com uma simples leitura, com uma decisão repentina, nem com uma chacoalhada de cabelos.
É preciso andar, um passo de cada vez ao encontro de si mesmo. É divertido e vale a pena!



Hoje, lanço o primeiro de muitos posts sobre auto-estima.

Começo dando meu depoimento, porque agora entrei em reminiscências, não há como parar!

Como comecei? Quando minha adorável mamãe, me obrigou a assistir o programa diário do Luiz Gasparetto na TV, eu detestava, ele gritava muito, espalhafatoso. E ela aumentava o volume pra que mesmo lá do meu quarto jogada na cama, desanimada e desiludida (numa fossa asquerosa) eu ouvisse. Rendida, após alguns dias de gritaria insistente, saí da cama e fui pra sala jogar joguinhos no computador, completamente desinteressada na televisão, mas a conversa do psicólogo com suas clientes no ar, me entrava pelos ouvidos teimosos. Comecei a ver sentido no que ele dizia e a achar graça de seu jeito espalhafatoso.
Com o passar de mais alguns dias, abandonei o joguinho mecânico do computador (era gameball) e sentei no sofá pra assistir. Agora era sagrado, Gasparetto todo dia após o almoço.
Me afeiçoei a ele e com o tempo eu já previa o tipo de conselho que ele daria na situação apresentada, e principalmente já antevia o chilique que ele daria diante de algum comportamento desconexo da mulherada que por lá aparecia. Era muito divertido.
Virou febre na família toda, ver e imitar o Tio Gaspa.

Acontece que todos aqueles conselhos entranharam-se na minha memória, até hoje e lá se vão bons anos (Bons mesmo)... Parou de passar o programa na TV, e então o que eu fiz? Toda vez em que eu me percebia precisando de uma ajuda, eu imaginava o que Gasparetto me diria agora? Muitas vezes eu ria sozinha, por imaginar o chilique que ele faria ao ver minhas atitudes ou pensamentos tão daninhos pra eu mesma.

Então, esta foi minha primeira grande ajuda.

a frase mais importante do Gaspa:

"Você tem que estar aí pra você mesmo."


Aqui um convidado muito especial que esteve em seu programa, como Gaspa mesmo diz aqui, pra não dizerem que é só ele que fala destas coisas de auto-estima.







E pra todas as pessoas a quem já tentei ajudar a construir a sua estradinha de tijolos amarelos eu pergunto:

-  O que a Kinda lhe diria agora? hein?